Acidente deixa quatro feridos em Guaramirim

(Foto: Lúcio Sassi)

Um acidente envolvendo um caminhão tanque de combustível e uma van deixou quatro pessoas feridas por volta das 6 horas da manhã desta terça-feira (14), na rodovia SC-108 (antiga SC-413), em Guaramirim. A colisão frontal ocorreu no trevo de acesso ao Loteamento Caroline.

Segundo informações de uma testemunha, a van Boxer parou no trevo para acessar no bairro quando teria sido atingida de frente pelo caminhão, que seguia no sentido Massaranduba para Guaramirim. Com o choque, a caminhonete foi jogada para o acostamento. O motorista do caminhão perdeu o controle de colidiu num barranco.

Bombeiros de Guaramirim, Jaraguá do Sul e Massaranduba foram chamados para atender a ocorrência. Na van estavam dois homens. Eles são funcionários de uma empreiteira de terraplanagem e estavam indo buscar um colega que mora no Loteamento Caroline para depois seguir para uma obra em Joinville.

No caminhão estava o motorista e um passageiro. Os ocupantes dos veículos envolvidos no acidente foram levados para o Hospital Padre Mathias Maria Stein, em Guaramirim e para o Hospital São José, em Jaraguá do Sul.

Motorista perdeu o controle e colidiu o caminhão contra um barranco
Por Heloísa Jahn

Jovem é encontrado morto em Guaramirim

(Foto: Eduardo Montecino)

Acusado do crime confessou ter brigado com a vítima na ponte do Zindars e alegou legítima defesa

A desavença e briga entre usuários de drogas teria terminado com a morte de um deles. Esta é a principal linha de investigação da Polícia Civil para a morte de Fábio Tavares, de 22 anos. Ele foi encontrado na manhã de ontem, boiando no Rio Itapocu, próximo a pontedo Zindars, em Guaramirim. Havia garrafas de bebida alcoólica e um pedaço de madeira com sangue no local, utilizado por usuários de drogas. O rapaz estava boiando, de bruços, próximo à margem. Peritos do Instituto Médico Legal(IML) recolheram o corpo e devem apontar as causas da morte, se foi em decorrência da briga ou por afogamento.

O comandante dos Bombeiros Voluntários, Laury Leite, acredita que o crime tenha acontecido na madrugada de ontem. O principal suspeito do crime, de 22 anos, foi detido na tarde de ontem, no Bairro Vila Freitas, em Guaramirim. Ele estava muito machucado, o que confirma a tese de luta corporal, e confessou que ele e a vítima teriam brigado por ciúmes. A desavença teria começado sobre a ponte do Zindars. Os dois caíram num barranco e Tavares teria se afogado. O acusado fez exames de corpo de delito para comprovar que houve lesões corporais, e prestou depoimento na Delegacia de Polícia e foi liberado.

O caso deve ficar sob a responsabilidade do delegado Walter Santin, da delegacia de Guaramirim. Ele pode pedir a prisão preventiva do suspeito, porém de acordo com a delegada de plantão, Lívia Motta, o entendimento até o momento é de que o caso foi de legítima defesa.

Texto: Natália Trentini e Débora Remor

PM prende acusado por tráfico de drogas em Guaramirim

Polícia Militar de Guaramirim cumpriu na manhã desta quinta-feira (9) um mandado de prisão contra Jackson de Jesus Marques. Ele é acusado por tráfico de drogas. O acusado foi encaminhado para o Presídio Regional de Jaraguá do Sul.Entenda o caso na matéria http://migre.me/etdIr

Dois assaltos durante as últimas horas

Foram registrados dois assaltos durante as últimas horas de terça-feira (7), pela Polícia Militar de Schroeder e Guaramirim.

Revolver assaltado
O primeiro caso ocorreu em Schroeder por volta das 20h30. De acordo com informações divulgadas pela PM, um homem entrou no posto Mime armado e encapuzado e anunciou o assalto roubando cerca de R$ 1,4 mil reais que estavam no caixa, após o assalto ele fugiu a pé. A PM realizou rondas e abordagens de suspeitos, mas ninguém foi detido.
Mais tarde, por volta das 23 horas, no bairro Avaí em Guaramirim, algumas pessoas que estavam esperando ônibus na Rua Armide Delai Weber foram assaltadas por dois homens que estavam em um Ford Fiesta, de cor bege.
No local estavam cinco pessoas, mas somente uma adolescente de 17 anos aguardou a polícia e registrou a ocorrência. Segundo a vítima os assaltantes estavam armados e roubaram bolsas e celulares. Os acusados não foram localizados.

Dois carros capotam no mesmo local

(Foto: Ilustração Fernando Bastos)

Em Guaramirim, foram registrados pelos Bombeiros Voluntários dois capotamentos neste domingo. Os acidentes aconteceram na mesma curva, na SC-108 (antiga SC-413), próximo a Vila Freitas.

Nas duas situações, nenhuma vítima ficou gravemente ferida. O primeiro acidente foi às 8h09, onde uma menina de 13, que estava na carona, teve escoriações leves. O segundo caso, às 15h25, envolveu Inês Breice, 57 anos, Irma Sorares, 59, e Lino Stanek, 57, que também tiveram apenas ferimentos leves. Todos foram encaminhados para o Hospital Padre Mathias Maria Stein.

Segundo os Bombeiros, os acidentes envolveram apenas um carro e possivelmente foram resultado de imprudência ao volante.

Por Natália Trentini

Delegada libera detidos pela Polícia Militar de Guaramirim

A delegada plantonista da polícia civil, Lívia Marques Da Mota, aos receber os presos suspeitos de envolvimento de tráfico em Guaramirim, na sexta-feira (3), liberou todos os detidos e alegou que não poderia realizar o flagrante, pois a conduta da polícia militar, responsável pela operação policial e prisão dos envolvidos, foi irregular. “Houve um misto de ilegalidades que a Polícia Civil não pode compactuar, sendo que este cumprimento de mandado de busca [autorizado pela justiça] se deu de forma ilegal por parte da Polícia Militar”, justificou a delegada.

Relembre a ocorrência http://goo.gl/YlNXQ

Lívia reconhece o trabalho de investigação feito pela PM, que apresentou fotos e vídeos de toda movimentação dos suspeitos detidos porém, faz ressalvas de que não considera o trabalho de investigação “muito robusto”.

livia

Em depoimento para a polícia civil, os detidos relataram que os PMs entraram na residência onde estavam, sem apresentar o mandado de busca (expedido pelo juiz Guy Estevão Berkenbrock) que é obrigatório e previsto no código penal. A delegada ressalta que a busca e apreensão deve ser feita sem causar constrangimento aos presentes. Sendo que nesse caso, segundo um dos usuários detidos, a PM teria utilizado spray de pimenta e dado um tapa em um dos envolvidos.

Questionada sobre a possibilidade da realização de um exame de corpo de delito para verificar a veracidade deste fato narrado por um dos detidos, Lívia disse que até poderia ser feito porém, o tapa, é uma infração chamada transeunte, ou seja, não deixa vestígios para que seja constatado no exame. “Além disso um menor de idade foi conduzido algemado na viatura e isso é ilegal”, destacou a delegada.

Ainda em relação a prisão dos envolvidos, a delegada disse que a droga foi encontrada fora de casa e que não haviam testemunhas para o fato e que, para ela, isso deixa claro que assim não existem garantias de que essa droga estava realmente lá e nessa quantia. “Não posso prender essas pessoas em flagrante pois foi ilegal. No mínimo duas testemunhas deveriam ter acompanhado a busca”, explicou.

Lívia declarou estar ciente de que quem perde com isso é a sociedade e por isso estará instaurando um inquérito para que a polícia civil investigue o caso e, se for necessário, novamente prenda os envolvidos. “Ainda que bandidos ou violadores de direitos, não podemos permitir que [os policiais] entrem também violando direitos”, afirmou Lívia, mas além das ilegalidades, essa foi uma decisão comum entre todos os delegados que entenderam que este cumprimento foi uma usurpação de função, sendo essa uma competência da polícia civil. Quem decide quem faz o flagrante ou não sou eu, essa é uma decisão minha e não do promotor e nem do juiz. Eu não estou furtando ao meu dever de investigar, tanto que estou instaurando inquérito. Não estou prevaricando, só entendo que o cumprimento do mandado não obedeceu às formalidades legais. Eu posso representar pela prisão dele amanhã com base nessa investigação e fazer uma prisão legal. Essa prisão foi ilegal, pois é fruto de uma prova ilícita, qual prova? Essa busca e apreensão está cheia de ilegalidades”, conclui.

LFS_2039

Entenda o caso:

A Polícia Militar de Guaramirim estourou um ponto de tráfico de drogas na região conhecida como morro do Schmidt em Guaramirim na tarde desta sexta-feira (3). Na ocasião, sete pessoas foram detidas e cinco crianças encaminhadas para o conselho tutelar. No total, 54 gramas de crack, que renderiam aproximadamente 200 pedras, foram encontradas enterradas no meio de uma horta nos fundos da residência. Além do entorpecente, foram aprendidos diversos materiais que podem ser provenientes de furto, balança de precisão, R$ 710, 00 em notas e mais uma quantia de moeda e cheque.

Após todos os procedimentos os envolvidos foram encaminhados para a delegacia de Jaraguá do Sul, onde a delegada plantonista Lívia da Motta, optou por não realizar o flagrante e liberar todos os detidos.

Comunicado feito pelo 1° Tenente Veloso, Oficial de Dia da Polícia Militar

Os policiais militares da cidade de Guaramirim chegaram ao suposto traficante em função de diversas denúncias. Após o monitoramento da atividade criminosa que estava sendo desenvolvida na residência foi exposta a necessidade de intervenção policial no local para preservação da ordem pública, sendo que uma das ferramentas utilizadas durante as ações dos policiais militares fora o mandado de busca, devidamente expedido pelo Juiz da comarca de Guaramirim.

Foi feito o monitoramento da residência a partir das 10h da manhã, sendo que a entrada e prisão dos agentes foi feita as 14h, observando-se o princípio da legalidade e conveniência. Foi efetuada abordagem e detenção do traficante e supostos agentes que o auxiliavam na venda de entorpecentes, bem como alguns usuários de entorpecentes que foram até o local comprar drogas.

Durante a busca na residência foram encontrados diversos materiais que eram utilizados para o comércio de entorpecentes, entre eles uma balança e encontrado ainda aproximadamente 54 gramas de “crack”, sendo que o local utilizado para esconder a droga apontado pelo suposto traficante.

Um dos detidos possuía mandado de prisão ativo, sendo este encaminhado ao presídio de Jaraguá do Sul. Quanto a lavratura do auto de prisão em flagrante, este oficial da PM, o qual possui 15 anos de efetivo serviço, relata que estranhou o procedimento e postura adotada pela delegada, considerando que mesmo que não houvesse mandado de busca e apreensão havia a situação flagrancial, ou seja, não apenas por vender entorpecentes, também por guardar a droga, que é uma quantidade grande, considerando que atualmente os traficantes vendem em pequenas quantidades para não caracterizar o tráfico.

Ao conversar com a referida delegada, a mesma afirmou que não aceitaria o flagrante pelo fato de não aceitar que os Policiais Militares cumprissem mandado de busca e apreensão. No contexto fático, quem perde é a sociedade mais uma vez. Afirmo que continuaremos a cumprir nosso mister, apesar de situações como esta.

Por William H Fritzke

Polícia estoura boca de tráfico em Guaramirim

Todos envolvidos foram soltos pela delegada assim que foram apresentados na delegacia de Jaraguá do Sul. Acesse: http://alturl.com/cstu3 e entenda o porquê.

 

Sete pessoas detidas e cinco crianças encaminhadas para o conselho tutelar, esse foi o saldo de uma operação do Polícia Militar de Guaramirim realizada na tarde de sexta-feira (3).

Fotos William Fritzke

Fotos William Fritzke

A operação aconteceu por volta das 14 horas em uma casa localizada na Rua Rafael Marangoni (Morro do Schmidt), no Bairro Figueira em Guaramirim, próximo da SC 108. A casa utilizada como local para consumo e venda de drogas, já tinha sido invadida por policiais no dia 4 de abril. Desde lá, policiais da agência de inteligência continuaram o monitoramento e novamente flagraram a venda de entorpecentes.

LFS_2036
Naquela ocasião os policiais encontraram no mesmo local mais de 150 gramas de crack, o que renderiam 400 pedras da droga, além de uma balança de precisão, notebooks, 14 aparelhos celulares e R$ 670. O chefe da família, de 54 anos, conhecido como “velho”, estava sendo monitorado há cerca de dez dias. Todos os integrantes da família, inclusive a ‘vó’, de 55 anos, participavam efetivamente da venda de entorpecentes.
Desta vez, os policiais voltaram a encontrar algumas das pessoas que tinham sido conduzidas para a delegacia na outra ocorrência.

As 54 gramas de crack, que renderiam aproximadamente 200 pedras, foram encontradas enterradas no meio de uma horta nos fundos da residência.

Foto P2 de Guaramirim

Foto P2 de Guaramirim

Além do entorpecente, foram aprendidos diversos materiais que podem ser provenientes de furto, balança de precisão, R$710 em notas e mais uma quantia de moeda e cheque.

IMG_3213

LFS_2039

Todos foram encaminhados para a delegacia de polícia civil de Guaramirim e logo após para Jaraguá do Sul.

 

Justiça fecha cartório por supostas irregularidades

Um cartório localizado no Centro de Guaramirim, foi interditado ontem pela Corregedoria- Geral de Justiça de Santa Catarina (CGJ-SC). A tabeliã responsável foi afastada do cargo.

AÇÃO Juiz corregedor Davidson Mello (esquerda) foi o responsável pela investigação no tabelionato Foto Lúcio Sasse

AÇÃO Juiz corregedor Davidson Mello (esquerda)
foi o responsável pela investigação no tabelionato
Foto Lúcio Sasse

O motivo da ação, segundo a instituição, seria supostas irregularidades contábeis. Um dos indícios é de que os valores pagos por devedores, depois de notificados pelo cartório, não teriam sido repassados integralmente aos credores. A Corregedoria encontrou uma defasagem de valores no último balanço do estabelecimento, relativo a fevereiro e março.

“Não restou outra alternativa senão a providência drástica adotada (de interdição) e a mudança de endereço. O objetivo é sanar as finanças e recuperar a credibilidade do serviço

de protestos”, explicou o juiz corregedor, Davidson Jahn Mello. Os valores não foram divulgados e o caso será encaminhado ao Ministério Público para investigação criminal. Os prazos dos protestos com vencimento até o dia 3 de maio foram suspensos e quem procurou o cartório para registros e outros serviços foi orientado a buscar as unidades de Jaraguá do Sul e Schroeder ou aguardar até semana que vem.

“Suspeitamos que essa situação aconteceu porque um novo titular assumiria o tabelionato no  ano que vem”, concluiu Mello.

Todo o acervo, computadores e mobiliário foram transferidos para o novo endereço do  cartório, que será informado a partir de amanhã. Uma força tarefa definida através de um termo de cooperação técnica entre as entidades ligadas ao setor e a Corregedoria assume o serviço.

“O tabelião interino passa a responder a partir de segunda-feira, dia 6, mas um concurso público está em andamento e o novo tabelião deve tomar posse no início do ano que vem”, esclareceu Mello.

A responsável pelo tabelionato desde 2006 vai responder pelas irregularidades encontradas pela Corregedoria. Procurada pela nossa reportagem, a tabeliã não foi localizada e não retornou as ligações.

Por  Débora Remor e Natália Trentini

Motociclista morre em acidente na cidade de Guaramirim

1-1motocaminhofdopreto

 (Foto: Ilustração de Fernando Bastos)

Um motociclista de 22 anos morreu na hora ao bater de frente contra um caminhão de Joinville no Km 55,8 na BR-280, em Guaramirim, na madrugada deste sábado (27). O acidente teria sido causado devido a uma ultrapassagem indevida, próximo a Marlan Modas, às 4h. Os Bombeiros foram acionados, porém o jovem já estava sem vida. O condutor do caminhão, de 47 anos, não se feriu.

Morador de Guaramirim, João Guilherme da Costa foi enterrado às 10h de domingo, no cemitério do Bairro Rio Branco.

O pai da vítima não foi avisado do fato logo após o acidente pois onde mora não pega telefone. Ele só descobriu que o filho tinha morrido quando já no outro dia de manhã, ele ligou o rádio e ouviu a notícia do acidente.

 
Por – Debora Remor/ William Fritzke